"Nenhum ser humano é capaz de esconder um segredo. Se a boca se cala, falam as pontas dos dedos..."(Freud)

domingo, 21 de março de 2010

Si, si, ci voglio andare...*

São curiosas as formas que temos para preservar as memórias. Fotos, escritos, objetos. Todos eles, de alguma forma, são capazes de nos fazer recordar tempos passados. Mas a música, em especial, é a que mais me fascina. Mais do que apenas a lembrança dos fatos, ela pode nos remeter à sensação plena de momentos vividos. Ela provoca dores e sentimentos, saudades (ou mesmo alívio) pelo que se foi. Quanto mais preservada, quanto menos a tivermos ouvido depois de passado o momento que ela marca, mais intensas serão as sensações revividas, quanto tornarmos a nos entregar a ela.


Lembranças... Às vezes tenho a sensação de que poderia viver delas.


"...andrei sul Ponte Vecchio,
ma per buttarmi in Arno!
Mi struggo e mi tormento!
O Dio, vorrei morir!" *
*(O Mio Babbino Caro, Giacomo Puccini).

Um comentário:

Elisandra disse...

Concordo planamente, quando escuto músicas de épocas que me marcaram é como se eu revivesse o momento...as vezes é ótimo, as vezes triste, mas sempre intenso.

Beijokas Elis!!!
http://amagiareal.blogspot.com/